Tradutor

sábado, 22 de dezembro de 2012

Ola John: "Jesus não quis atirar-me aos leões"

Ola John (foto ASF)

Ola John revelou que o início do percurso no Benfica "não foi fácil", por estar forçado a aprender quando o desejo era estar em campo a ajudar a equipa.

O extremo holandês, de 20 anos, contou, em entrevista à revista Voetbal International, que na Luz "deixaram bem claro" o que pretendiam dele.

"O treinador não me quis atirar aos leões por considerar que não estava preparado. Isso seria perigoso por causa do preço da transferência e das expectativas. Precisava de tempo para adaptar-me. Claro que não foi fácil. Quero jogar sempre e disse-lhes isso. No Benfica riram-se e lembraram Di María, que chegou ao clube com a minha idade, na primeira época jogou 13 vezes e na segunda 12. Depois foi vendido ao Ral Madrid por 33 milhões. O Benfica faz 60 jogos por época, por isso há sempre hipóteses de jogar", disse, assinalando, também, outras diferenças: "Tive de adaptar-me ao nível de treino. Há tantos jogadores bons à minha volta. Dizem que Theo Janssen (n.d.r. - médio do Twente) tem a melhor técnica de remate na Holanda, mas deviam ver Óscar Cardozo. Está um passo à frente. Por outro lado, o treino é diferente, muito mais tático."
Fonte: abola.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário