Tradutor

sábado, 12 de janeiro de 2013

Valdo elogia vários jogadores do Benfica

Antigo jogador do Clube

Valdo elogia vários jogadores do Benfica

O antigo jogador do Sport Lisboa e Benfica, Valdo, faz este sábado 49 anos e aproveitou as vésperas do clássico para analisar, em declarações à Benfica TV, alguns jogadores do actual plantel comandado por Jorge Jesus.

“O Luisão é o Luisão e ponto! É o capitão e o seu nome fala por si, independentemente de o Jardel estar a fazer um supercampeonato e não deixar nada a desejar”, frisou.

O antigo médio brasileiro era o número 10 do Benfica, mas assumiu que neste momento, a camisola 10 está muito bem entregue a Pablo Aimar. O número 10 está muito bem entregue e fico feliz por haver ainda essa hipótese do Pablo Aimar estar no banco ou mesmo entrar durante o jogo. Com todo o respeito pelos outros atletas, é o meu jogador preferido do Benfica, e um jogador que tem perfume no seu futebol. A bola quando vai para os seus pés já vai a sorrir porque sabe que vai ser bem tratada”, elogiou.

Ainda no meio-campo, mas deslocando-se para as laterais, dois argentinos mereceram palavras de Valdo. “Gosto muito do Salvio e do Gaitán, que também faz coisas surpreendentes. Quando menos se espera, abre espaço para colocar uma bola. Fez um toque de classe frente ao Estoril-Praia e é um dos jogadores que pode desequilibrar”, destacou.

Os avançados não foram esquecidos e o compatriota Lima foi o primeiro a ser analisado pelo antigo atleta do Clube. “É um atleta que tem uma grande presença de área que tem o remate como uma das suas grandes qualidades, é fortíssimo, potente e com precisão, que é o mais importante. Fico feliz por ver o Lima a encaixar-se da forma como está no Benfica”, caracterizou.

Depois de Lima veio a vez de falar sobre Cardozo, a quem Valdo teceu elogios. O Cardozo conhece mais do que ninguém a posição onde joga e é um goleador nato. Pode, às vezes, não ter grande participação durante os jogos, mas está sempre presente quando é solicitado”, considerou.
Fonte: slbenfica.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário